Release

Debaixo do sol não há nada de novo! Nada de novo no front! É isso que a Última Tribo traz: “Nada de novo”! Nada além do bom e velho rock and roll. A música não é boa ou ruim porque é nova. O próprio rock já é um ancião. O compromisso da Última Tribo é não ter compromisso de buscar nenhum som novo, nenhuma mistura nova, nenhuma concepção nova. O objetivo é tocar rock pra ouvir, suar e divertir. Consistência, persistência e muito rock na veia. Foram essas características que fizeram a Última Tribo estar na ativa até hoje, passeando pelo punk rock, hardcore, hard rock, blues, reggae e baladas. A Última Tribo não traz nenhuma intenção de inovação musical, somente tocar o que toca seus corações, o que corre em suas veias e o que vagueia em suas mentes, com letras que falam das mazelas sociais, ideologias e palavras de amor e esperança, e apresentar o resultado disso tudo ao público, sempre prezando pela honra aos horários e compromissos assumidos, demonstrando profissionalismo.

"Nada de novo!"

        A Última Tribo surgiu por volta de março de 1990, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, e em pouco tempo a Última Tribo passou a se destacar no cenário da música independente da Grande Recife e também em outras cidades pelo interior do Estado. Fez apresentações em festivais como o Capibaribe in Rock, em Santa Cruz do Capibaribe, Surubim Expo Art, em Surubim, Piedade Praia Show e Rock in Rua, em Jaboatão dos Guararapes, Há Gosto pro Rock, no Cabo de Santo Agostinho, Underground Double, em Palmas-TO, neste último foi lançado o EP homônimo em 2016.

        Atualmente a Última Tribo é Ailton Barbosa nos vocais e bateria, Ivanilson Bezerra nos vocais e nas guitarras e Vlademir nos vocais e contrabaixo.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!